terça-feira, 30 de novembro de 2010

Eu Sou FAAT - Vinícius Souza

Muito bom, vale a pena assistir!!! Esse vídeo é do meu amigo Vinícius de Souza e ele está participando do concurso Eu sou FAAT, quanto mais visualizações tiver melhor, pois o vídeo mais visualizado ganha o concurso... então assistam e divulguem porque vale a pena... pelo filme e pelo Vini!

Até a próxima!

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Desafio:

Alguém pode, por favor, me dizer o que está escrito nessas imagens?

Fiquei um tempão em frente delas olhando, tentando decifrar o que está escrito e que mensagem querem transmitir... me senti uma analfabeta. Não domino essa linguagem urbana... fica aqui o desafio.
Até a próxima.

Quarteto Sentinela - Paciência (Lenine)

Quarteto Sentinela no Acervo do Tuzzi em Bragança Paulista no dia 26 de Novembro de 2010. Introdução e histórias sobre o porquê da escolha da música Paciência de Lenine. Muito bom!!!

Até a próxima...

8º Festival Internacional da Imagem Fotográfica

Ilana Bar, de 22 anos, estudante de fotografia, trouxe a discussão da inclusão do deficiente para o Festival

O prêmio principal do 8º Festival Internacional da Imagem Fotográfica - Prêmio Aquisitivo Mário Abramo - ficou em Atibaia. A estudante de fotografia Ilana Bar, de 22 anos, sensibilizou os jurados com um trabalho que vai muito além da fotografia. A série premiada faz parte de um trabalho de conclusão do Curso de Fotografia (Senac-SP) e traz retratos de portadores da Síndrome de Down relacionados à História da Arte.
“Estes retratos têm toda uma questão da inclusão social. A fotografia faz mais sentido para mim e é legal saber que faz sentido para as outras pessoas também”, explicou Ilana sobre o fato de ter sido selecionada para o Festival.
reprodução:David Prado
fotoilana1fotoilana2fotoilana3
Retratos que representam a Pré-História da Arte. O Personagem é o Tio de Ilana, Toninho, portador da Síndrome de Down
“Mandei estas três fotos porque elas conversavam melhor no conjunto”, conta Ilana.
Ilana Bar-Nissim Wirgues nasceu em São Paulo, mas o morou em Atibaia até os 18 anos. Como acontece com muitos jovens, ela partiu para a capital para estudar e trabalhar com fotografia.
Esta é a segunda participação de Ilana no Festival Internacional da Imagem Fotográfica de Atibaia. A jovem teve um trabalho selecionado na 6ª edição do concurso.
fotoilana5
Ilana Bar ao lado do Tio Toninho, personagem principal das fotografias vencedoras
Confira a bate-papo com Ilana sobre a premiação:
Clique no Play para ouvir:

Conheça os outros vencedores:
2º lugar - Prêmio Aquisitivo Ernesto Vencovski: R$ 2 mil
Alexandre Urch – São Paulo/SP (Série Afro)
2
3º lugar - Prêmio Aquisitivo Hélio Tavares Rodrigues: R$ 1,5 mil
Sander Vital Riquetti - Curitiba/ PR (Série Circo)
4º lugar - Prêmio Aquisitivo Ary André: R$ 1 mil
Houve Divisão do Prêmio
Adriana Bezerra Nabholz - Atibaia/ SP
Ronaldo Almeida - Belo Horizonte/ MG

3

Três Menções Honrosas: R$ 500 cada uma.
Carlos Alberto Abatepaulo - Ribeirão Preto/ SP (Série Memórias Ruínas)
Roberta Mendes Borges - São Paulo/ SP (Série Escritório/Saudade I)
Eriberto Abílio de Almeida Júnior - Jacarepaguá/ RJ (Série Fruta Pão)
4
Carlos Alberto Abatepaulo e o vice-prefeito Profº Ricardo dos Santos durante premiação
fotooficial
Até a próxima!!!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Fotografia em Palavras

Clube Atibaiense de Fotografia promove a 45ª Exposição

“Imagem das Palavras” reúne 80 fotografias relacionadas ao rico vocabulário da Língua Portuguesa
Imagine uma imagem que represente a palavra AMOR. Pensou? Parece fácil, não?

Agora pense em uma foto para a palavra FLAGRANTE. Mais difícil.

Já a palavra DEPENDÊNCIA, abre um mundo de possibilidades...
“Imagem das Palavras”. Esse é o tema da 45ª Exposição promovida pelo Clube Atibaiense de Fotografia. A abertura da mostra acontece no próximo sábado, dia 27 de novembro, a partir das 18hs, no Centro de Convenções Victor Brecheret, e ocorre simultaneamente ao 8º Festival Internacional da Imagem Fotográfica de Atibaia. “A ideia surgiu nas reuniões do clube e da constatação de que os temas estão ficando difíceis”, explica Flávio Pileggi, presidente do clube.
Esta não é a primeira vez que o Clube Atibaiense de Fotografia alia imagens ao mundo das palavras. “Já fizemos uma parceria com a Academia Literária Atibaiense. Tivemos que produzir fotos que representassem ou ilustrassem contos”, lembra Flávio.
flavio1
O presidente, Flávio Luiz Pillegi, fundou o Clube em novembro de 1991
“Parece um exercício fácil, mas não é”, diz Pilleggi. Para facilitar o trabalho dos componentes do clube, uma lista de palavras foi distribuída ao grupo. Serão expostas 80 fotos (relacionadas a 80 palavras) de 40 fotógrafos que atuam no Clube Atibaiense de Fotografia. “Também houve casos em que o sentido foi inverso. Havia a foto e buscou-se uma palavra para ela”, ressalta Flávio Pilleggi.
Sobre a importância das exposições do Clube de Fotografia (são três por ano), Flávio Pillegi revela dois pontos centrais. “Esse é o nosso principal meio de divulgação e também a porta de entrada para novos membros do clube”, diz. “As nossas exposições são o grande motivo da existência do Clube”, resume o presidente.
CONVITE
O secretário-adjunto de Cultura e Eventos de Atibaia, Vitor Carvalho, ressalta a importância do trabalho desenvolvido pelo Clube Atibaiense de Fotografia. “Atibaia só tem essa atividade intensa de fotografia devido ao trabalho do Clube”, elogia Vitor. “É um dos poucos grupos do Brasil que trabalha sem interrupção que eu conheço”, ressalta ele.
Flávio Pilleggi vê com bons olhos a parceria com o 8º Festival Internacional da Imagem Fotográfica de Atibaia. “O Clube sempre gostou de parcerias e elas são muito importantes. É bom para todo mundo. Acaba unindo os grupos”, ressalta.
Em 2010, o Clube Atibaiense de Fotografia completa 19 anos de existência (ininterruptos). Conheça mais detalhes na reportagem.
Atenção!
O Portal Atibaia Cultural Propõe um exercício aos internautas...
Tente representar a fotografia abaixo com apenas uma palavra. Deixe sua sugestão em comentários!


Foto: Luiz Fernando Bueno
exercicio
Até a pŕoxima...

Samba e Bossa Nova

Por: Vinícius de Souza via e-mail
Quem faz a música popular brasileira? São poetas, malandros, guerreiros, amantes, palhaços e colombinas. Saem dos cortiços, morros e arranha-céus, chegam de jangada nas praias, comem mocotó e feijoada, desembarcam no aeroporto de Paris. Os sete documentários reunidos nesta compilação mostram o dia-a-dia, as apresentações, gravações e entrevistas em deliciosos registros dessa grande paixão brasileira. Partindo do samba de Pixinguinha, Noel Rosa e Heitor dos Prazeres, passando por Martinho da Vila e João Nogueira, com um breque na bossa nova de João Gilberto, avança até a MPB de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Nara Leão e Jards Macalé. Um programa para ver cantando e entoar: "Venha a mim, oh, música"!

Confira as informações sobre os filmes:

Álbum de música de Sérgio Sanz

Com músicas de Pixinguinha, Ismael Silva , Nelson Cavaquinho e Cartola, e depoimentos de Nara Leão, Nelson Motta, Almirante e Jards Macalé, o filme apresenta registros raros de Clementina de Jesus, Nelson Cavaquinho, Edu Lobo, Luiz Melodia, Maria Alcina, Gilberto Gil, Jorge Mautner, Maria Bethânia, entre outros.

Ficha de Informações do Filme
Título: Álbum de música
Duração: 11 min e 0 seg.
Ano: 1974
Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil
Gênero: Documentário
Subgênero:
Cor: Colorido/PB

Brasil de Rogério Sganzerla

Captado durante a gravação do décimo disco de João Gilberto, no cinquentenário de seu nascimento. A trilha sonora, intitulada "Brasil", foi gravada com Caetano Veloso, Gilberto Gil e Maria Bethânia. A execução do disco em diferentes fases e distâncias, registradas em contraponto com flashes de personalidades da vida nacional, representa uma situação limite e indaga: que é o Brasil? O que é o brasileiro?

Ficha de Informações do Filme
Título: Brasil
Título (inglês): Brazil
Duração: 13 min e 0 seg.
Ano: 1981
Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil
Gênero: Experimental
Subgênero:
Cor: Colorido/PB

Carioca, suburbano, mulato, malandro - João Nogueira de Jom Tob Azulay

Documentário sobre João Nogueira, cantor e compositor popular do Rio de Janeiro.

Ficha de Informações do Filme
Título: Carioca, suburbano, mulato, malandro - João Nogueira
Título (inglês): João Nogueira, Carioca and Mulato
Duração: 13 min e 0 seg.
Ano: 1979
Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil
Gênero: Documentário
Subgênero:
Cor: Colorido
Número do CPB: 06005066
Sinopse (inglês): Documentary about the singer-composer typical of Rio de Janeiro, João Nogueira.

Heitor dos Prazeres de Antonio Carlos da Fontoura

Memórias do sambista popular e pintor primitivista Heitor dos Prazeres, em seu ateliê na Cidade Nova, bairro em decadência do Rio de Janeiro, mas ainda vivo nos sambas, nos quadros e nas recordações do artista.

Ficha de Informações do Filme
Título: Heitor dos Prazeres
Duração: 13 min e 0 seg.
Ano: 1965
Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil
Gênero: Documentário
Subgênero:
Cor: Colorido

Martinho da Vila Paris 1977 de Ari Candido Fernandes

O filme registra a passagem do cantor e compositor carioca Martinho da Vila por Paris, em 1977, durante uma turnê de apresentações. Depoimentos espontâneos, gravações em estúdio de TV, apresentações no clube musical Campagne Première, conversas com amigos e passeios por pontos turísticos da Cidade Luz compõem o documentário.

Ficha de Informações do Filme
Título: Martinho da Vila Paris 1977
Título (inglês): Martinho da Vila (Paris 1977)
Duração: 8 min e 9 seg.
Ano: 1977
Cidade: São Paulo UF(s): SP País: Brasil
Gênero: Documentário
Subgênero: Histórico
Cor: Colorido

Noel por Noel de Rogério Sganzerla

Ensaio documental sobre a música e o tempo de Noel Rosa, com colagens de imagens de arquivo, fotografias de época e filmagens de blocos carnavalescos em Vila Isabel.

Ficha de Informações do Filme
Título: Noel por Noel
Título (inglês): Noel By Noel
Duração: 10 min e 0 seg.
Ano: 1981
Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil
Gênero: Documentário
Subgênero:
Cor: Colorido

Pixinguinha e a velha guarda do samba de Ricardo Dias e Thomaz Farkas

Em abril de 1954, Thomaz Farkas filmou, com uma câmera 16 mm movida a corda, uma apresentação de Pixinguinha com músicos da Velha Guarda, no parque do Ibirapuera, em São Paulo, durante a comemoração do IV Centenário da cidade. O material se perdeu e foi reencontrado 50 anos depois. O filme recupera o material e conta essa história.

Ficha de Informações do Filme
Título: Pixinguinha e a velha guarda do samba
Duração: 10 min e 0 seg.
Ano: 2006
Cidade: São Paulo UF(s): SP País: Brasil
Gênero: Documentário
Subgênero: Histórico
Cor: Colorido/PB

A sessão te início ás 19 horas e a entrada é gratuita. A classificação é 12 anos.

O Difusão Cineclube fica localizado na Rua Doutor Osvaldo Urioste n 41 - Centro de Atibaia ( próximo a praça da Matriz)

* O texto foi extraido do site www.programadorabrasil.org.br

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Programação Cultural

Eventos, que acontecerão, de 27 de Novembro a 01 de Dezembro, no Centro de Convenções e Eventos Victor Brecheret, . A Entrada é Franca, retire seu ingresso com antecedência no local do evento.
Informações:
Secretaria de Cultura e Eventos
Prefeitura da Estância de Atibaia
(11) 4414 2053

Até a próxima...

Big Band Atibaia

Fonte: http://www.atibaia.com.br/noticias/noticia.asp?numero=20290

Neste sábado, dia 27 de novembro, às 20 horas, a Big Band Atibaia se apresentará no Centro de Convenções Victor Brecheret. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados com antecedência no local da apresentação.

Fruto do projeto "Música e Cidadania", a Big Band conta com 20 músicos, sendo a grande maioria da própria cidade. A coordenação é do renomado músico e maestro Roberto Sion e a regência do maestro Roberto Sion e maestro Wagner Brito. No repertório, clássicos do jazz e também música popular brasileira.

Mais informações na Secretaria de Cultura e Eventos pelo telefone: 4414-2119.

Até a próxima...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Workshop Jazz Street Dance

Por: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Atibaia

Para aqueles que gostam de dança aliada à técnica, no próximo dia 27 (sábado), das 10h às 12h, ocorrerá o Workshop Jazz Street Dance para jovens e adultos (maiores de 12 anos) com experiência em dança.

O evento será realizado no Centro de Convenções Victor Brecheret e é uma oportunidade de ter contato com o conhecimento e experiências de um conceituado profissional de Jazz Street Dance.

As aulas são direcionadas para bailarinos, atores e quem estiver interessado em ter contato com a dança. O workshop abordará consciência corporal, improvisação, fundamentações e novas tendências, além de movimentos básicos e intermediários com variações para enriquecer aulas e coreografias. O workshop envolverá também montagem de coreografia com base nos princípios e fundamentos do street dance.

As professoras Michele Maidame e Cecília Arends apresentarão o workshop. As inscrições deverão ser feitas até o dia 26, na Secretaria de Cultura e Eventos, na Avenida Nove de Julho, 185.

Até a próxima!!!

Arte Surrealista

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

'O Casamento da Baratinha'

Por: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Atibaia

O SESI-SP vai apresentar no dia 20, sábado, às 20h, o espetáculo "O Casamento da Baratinha", do grupo Cia. Stromboli, no Centro de Convenções Victor Brecheret. Essa é uma das atrações que integram a programação do Circuito Cultural SESI em Atibaia.

Com texto e direção de José Rubens Siqueira, a peça é uma releitura do clássico que apresenta uma Baratinha que quer casar, a fim de encontrar o noivo perfeito, começa a investigar diversos bichos da floresta entre eles o jacaré, sapo, carneiro, macaco e o rato. Nesta busca, a Baratinha conta com os conselhos de uma coruja, com quem discute aspectos de sua própria identidade, proporcionando ao público uma oportunidade de auto-conhecimento.

O espetáculo é gratuito, tem duração de 45 minutos e é recomendado para todas as idades. Informações pelo telefone: 4414-2119

Histórico da companhia

Criada em 1996, pelos artistas João Grembecki e Tatiana Cavaçana, a Cia. Stromboli desenvolve novas técnicas do teatro de animação com bonecos de vara, marionetes, bonecos manipulados por fios, sombra, luva, mamulengos, ventríloquos, fantoches, figuras gigantes e máscaras, além da criação de figuras articuladas.

Além de atuar no teatro, a Cia Stromboli desenvolveu um personagem de vídeo para o filme Tyger, que deu vida a um tigre manipulado por três artistas. O trabalho resultou no Prêmio especial de melhor filme da direção do 14º Amina Mundi 2006, melhor animação brasileira pelo júri popular. Esse foi o primeiro filme brasileiro convidado a participar do Festival Internacional de Animação de Ottawa, Prêmio de melhor vídeo no II Festival Latino Americano de Curtas-Metragens de Canoa Quebrada 2006. Tyger foi um dos dez filmes mais votados pela audiência no 17º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo.


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

ENAREL 2010

22º Enarel terá estandes sobre a Cultura e a Culinária Paulista
Encontro Nacional de Lazer e Recreação começa nesta quinta-feira, dia 18, no Parque Edmundo Zanoni
David Prado
Um dos mais importantes eventos de lazer e recreação do país inicia suas atividades na próxima quinta-feira, dia 18, no Parque Edmundo Zanoni. Além de promover a ampla discussão sobre os temas Lazer e a Hospitalidade e abrigar um respeitado congresso científico da área, o encontro de Atibaia abrirá espaço para a Cultura e a Culinária Paulista.
Durante a abertura do evento, a Secretaria de Cultura e Eventos de Atibaia preparou uma mostra do principal evento de cultura paulista que o município abriga há 3 anos: o “Revelando São Paulo entre Serras e Águas” (parceria com o Governo de São Paulo e a Organização Social de Cultura - Abaçaí). Serão seis estandes de culinária de diferentes cidades do Estado, além de um espaço com a diversidade do artesanato produzido em Atibaia.
culinaria
Durante a solenidade oficial do Enarel, o Prefeito de Atibaia, Dr. Denig, deve anunciar a oficialização o “Revelando Entre Serras e Águas” no calendário oficial de eventos do município. A realização do evento já segue a lei nº 3706/08, aprovada pela Câmara Municipal. “Vai ser bom para garantir que no futuro essa parceria continue acontecendo”, avalia Lilian Vogel, gerente da Divisão de Folclore e Cultura Popular da Prefeitura de Atibaia.
“É muito importante que os participantes do Enarel tenham esse pequeno contato com o ‘Revelando’. Vai ser um misto de Cultura, Lazer e Turismo. Tudo que envolve Atibaia”, conclui Lilian Vogel.

22º Encontro Nacional de Lazer e Recreação

ENAREL 2010 terá oficinas de recreação, em parceria com o SENAC-SP

Por: Assessora de Imprensa ENAREL

No dia 20 de novembro, sábado, os participantes do ENAREL 2010 - 22º Encontro Nacional de Recreação e Lazer - poderão participar de oficinais de recreação temáticas organizadas pelo SENAC - SP. Temas como "Recreação Hospitalar", "Idosos que brincam são melhores" e "Danças circulares e cantigas de roda" serão trabalhados por instrutores do SENAC-SP com o objetivo de transmitir aos participantes conceitos e conhecimentos que possam auxiliá-los em atividades de lazer com idosos, crianças e outros públicos.
Os participantes do ENAREL são estudantes e profissionais de lazer e recreação vindos de várias partes do país. "Através dessa troca de conhecimento e da vivência nas oficinas, os profissionais e estudantes poderão trabalhar essas atividades em suas cidades de origem, levando mais qualidade às atividades de recreação e lazer que desenvolvem em hotéis, hospitais, colônias de férias, espaços públicos de lazer, etc. É mais qualidade ao trabalho do profissional e mais qualidade de vida à população", afirma o coordenador geral do ENAREL, Edson dos Santos.


Abaixo, todos os temas abordados nas oficinas do ENAREL 2010:

Sábado, 20 de novembro, das 17h00 às 19h00, no Parque Edmundo Zanoni, em Atibaia

  • Danças circulares e cantigas de roda - A oficina trabalha o conceito das "Danças Circulares e Cantigas de Roda" ensinando como vivenciar alguns brinquedos cantados, principalmente aqueles que são feitos em roda e qual a importância desta ferramenta na recreação.
  • Acampamentos temáticos - Esta oficina oferece ao recreador a oportunidade de aprender técnicas e desenvolver talentos e habilidades para atuarem em acampamentos temáticos. Através de dicas, brincadeiras e a experiência trazida pelo palestrante.
  • Jogos teatrais - Os jogos teatrais podem ser usados como ferramentas de estímulo da criatividade, da espontaneidade e expressividade, desenvolvendo a sociabilidade e a concentração. A oficina ensirá os participantes a utilizar melhor esta ferramenta.
  • Recreação hospitalar - A recreação hospitalar é realidade em todo o mundo. A ideia é poder proporcionar aos pacientes e visitantes momentos lúdicos com os escassos recursos disponíveis de espaço e também físicos dos participantes.
  • Idosos que brincam são melhores - Os idosos estão cada vez mais ativos e dispostos a viver com melhor qualidade de vida. Assim, temos a oportunidade de com sua experiência aprender e proporcionar experiências diferenciadas e desafiadoras. Durante a oficina, os participantes aprenderão a extrair deste público, através de atividades lúdicas, toda a sua alegria de viver.
  • Caiaque e Canoagem - A oficina tem por intuito apresentar aos participantes as variedades do esporte existentes, discutir as possibilidades das aplicações no mercado de recreação e de lazer, aproveitando a oportunidade e oferecendo a vivência prática de canoagem.
  • Malabares - A oficina oferecerá uma possibilidade de conhecimento de materiais deste universo, dicas pedagógicas de ensino-aprendizagem, bem como a riqueza da prática, o interesse que desperta nas pessoas e as perspectivas de introdução do malabares na recepção (acolhimento) de hóspedes.
  • Capoeira Lúdica - A oficina visa oferecer instrumentos didáticos e pedagógicos para a vivência e experimentação da capoeira, baseada na ludicidade, através de jogos e brincadeiras específicas. Oportuniza também o conhecimento da cultura afro-brasileira.
  • De 18 a 21 de novembro de 2010

    Local: Parque Edmundo Zanoni

    ENAREL 2010

    Informações - www.enarel2010.com.br ou (11) 4411.5995.
    Realização: Prefeitura da Estância de Atibaia; Atibaia e Região Convention & Visitors Bureau; Ministério do Esporte e Ministério do Turismo.

    Programação de eventos de Bragança Paulista


    Por: Assessoria de Imprensa Secretaria de Cultura de Bragança Paulista

    O quê: Dia Nacional da Consciência Negra
    Debates, exposições, jogos, shows e muito mais.
    Dia: 20/11
    Horário: 10h30 às 18h00
    Local: Sede da Arcab - Praça Jacinto Osório - Matadouro


    O quê: Concurso Municipal de Fanfarras
    14 Fanfarras da Rede Municipal de Ensino - Projeto Música na Escola
    Dia: 20/11
    Horário: 9h00
    Local: Ginásio de Esportes Lourenço Quillicci


    O quê: 14º Concerto Orquestra de Câmara - Bragança Paulista
    Concerto Matinal no Auditório da Sociedade Ítalo-Brasileira
    Dia: 21/11
    Horário: 11h00
    Local: Auditório da Sociedade Ítalo-Brasileira - Rua: Cel Leme, 176 - Centro
    Regente:
    Mtº Raphael Juliano


    O quê: Circuito Cultural Paulista - Quixote Caboclo (Teatro Infantil)
    Dia: 21/11
    Horário: 20h00
    Local: Casa de Cultura Maestro Demétrio Kipman - Rua Cel. Assis Gonçalves, 243 - Centro
    RETIRADA ANTECIPADA DE INGRESSOS:
    Sábado, dia 20 - Retire seu ingresso antecipadamente no Museu Municipal (11h00 as 16h00) ou Museu do Telefone (10h00 as 15h00).
    Domingo, dia 21 - Retire seu ingresso antecipadamente no Museu Municipal (11h00 as 16h00)
    A retirada de ingressos não será vinculada a troca de alimentos.

    Mais informações: www.culturaeturismobp.com

    Programação Cultural

    Essa é a progração cultural para esse final de semana, e já começa hoje!!!
    Teatro, música e muita diversão e cultura para todas as idades!!! Aproveite e curta, a entrada é franca, sendo necessário apenas a retirada do ingresso no Centro de Convenções, onde as apresentaçãoes acontecerão!

    Informações:

    Secretaria de Cultura e Eventos
    Prefeitura da Estância de Atibaia
    (11) 4414 2053

    Até a próxima!

    terça-feira, 16 de novembro de 2010

    Dia da Consciência Negra terá programação em Atibaia

    Por: Assessoria de Imprensa Câmara Municipal da Estância de Atibaia

    Fortalecendo o movimento no Brasil em prol da valorização da cultura afro-brasileira e da igualdade racial, a Câmara aprovou no ano passado projeto que criou o Dia da Consciência Negra, tornando ponto facultativo o dia 20 de novembro. O objetivo é estimular a reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.

    O Dia Nacional da Consciência Negra foi incluído no calendário escolar brasileiro pela lei nº 10.699, de 9 de janeiro de 2003, criando a obrigatoriedade do ensino da história e cultura africanas. O destaque é estimular a população a aceitar a diversidade do universo afro-brasileiro, fazendo a afirmação étnica e cultural do negro no Brasil.

    A data, que lembra a morte do herói Zumbi dos Palmares, morto em defesa da liberdade do negro em 1695, já vinha sendo adotada pelo movimento negro desde os anos 70 para a promoção do debate sobre a igualdade racial e realização de fóruns e programações culturais a respeito do tema.

    Segundo dados da Secretaria Especial de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, atualmente, dos 5564 municípios brasileiros, 757 adotam a data como feriado, e outros transformam o dia em ponto facultativo. Em estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, o feriado é estadual.

    Programação

    Em Atibaia, desde que foi instituída a data como ponto facultativo, foi formada a Comissão da Consciência Negra, que organiza as atividades voltadas ao tema.

    Neste ano, das 14h às 22h, será promovido o "Fórum com Feira", começando com a realização de palestra sobre a cultura afro, no Fórum da Cidadania, seguida por apresentações, na Praça da Matriz, de hip hop, samba e MPB, da bateria do Projeto Curumim, de grupos de capoeira, roda de candomblé, ato ecumênico, dança popular e Congada, além de sarau de poesia. Também haverá uma prévia do Carnaval dos Bonecões, com banda de marchinhas.

    Como foi no ano passado

    Em 2009, no dia 20 de novembro, na Praça da Matriz, houve programação relacionada à data no final da tarde e noite. Houve apresentações de música, poesia, dança e folclore. No dia 22 de novembro, no Centro de Convenções e Eventos Victor Brecheret, as atividades continuaram, sob o tema "Conheça melhor a influência afro em nossa cultura e em nossa economia". A realização foi da Comissão da Consciência Negra, em parceria com a Prefeitura.

    Até a próxima!!!

    Clube da Música

    Texto original: http://www.atibaia.com.br/noticias/noticia.asp?numero=20222

    "Após regressar de mais turnê com apresentações na Europa, o Clube da Música volta a se apresentar em Atibaia, no Seo Dito Bar Gastronômico, nesta quarta-feira, dia 17 de novembro.

    O Clube da Música Atibaia foi criado em 2000, com objetivo de promover encontros onde os músicos possam se expressar livremente, sem pressões do mercado fonográfico ou da mídia, e também fomentar o intercâmbio e cultura musical entre os músicos participantes e o público. Neste ano, o Clube da Música comemorou 10 anos de existência, promovendo um diálogo cultural constante, derrubando barreiras sociais, econômicas, políticas e geográficas.

    Em 2009, o Clube da Música de Atibaia iniciou uma fase itinerante com apresentações em Natal (Rio Grande do Norte) e no Acoustic Brazil Festival, em Amsterdan, a convite dos organizadores: Martin Fondse, músico holandês, Tami Matuoka, produtora cultural, e Nelson Latif, músico brasileiro radicado na Holanda. Na ocasião, os músicos Paulinho Paes (guitarra) e Roger Brito (trompete) foram os representantes do Clube e responsáveis por levar o formato despojado e inusitado do Clube para o evento da Holanda. O sucesso foi imediato, o que valeu o novo convite.

    Neste ano, o Clube da Música viajou completo para Amsterdan, com Wilson Matuoka, o Morais (violão e voz), Natasha (voz), Gabriela Gonçalves (voz), Luppa (baixo), Dindo (percussão), o grupo Sapuary, formado por Paulinho Paes (guitarra), Marcelo Alves (percussão), Juninho (baixo) e Roger Brito (trompete), e ainda os músicos Alexandre Lora (percussão) e Douglas Lora (violão). Os músicos se apresentaram no Dizzy Jazz Café, uma das mais renomadas casas de jazz da Holanda, no Robisco Festival 2010, no teatro De Roode Bioscoop e na B!NK PARTY, uma grande festa beneficente organizada pela fundação holandesa B!NK, em Amsterdam.


    Agora é a vez do público atibaiense voltar a desfrutar as apresentações que reunem músicos das mais variadas vertentes, tanto de Atibaia como da região, além dos convidados. A volta do Clube da Música à cidade acontece em grande estilo, na casa inaugurada em agosto deste ano, cujo projeto artístico foi realizado com um cuidado extremo que vai da fachada aos pequenos detalhes, com referências nos paterns vitorianos e influências contemporâneas, mesclando o regional com o histórico.



    O Seo Dito Bar Gastronômico fica na Alameda Lucas Nogueira Garcez, 3030 e está aberto às terças, quartas, quintas e sextas a partir das 17h e aos sábados, domingos e feriados a partir das 15h, O bar oferece grande variedade de cervejas nacionais e importadas, além de vinhos e destilados. A cozinha é comandada pelo chef Bruno Rovati, e o cardápio variado conta com tradicionais petiscos de boteco, sanduíches especiais e pratos quentes."


    Mais informações e reservas no site www.seodito.com.br.


    Encontro vocês lá!!!

    Até a próxima!

    'Nosso Samba Bossa Nova'

    Fonte: http://www.atibaia.com.br/noticias/noticia.asp?numero=20229

    Ana Brasil e Rolnaldo Perez apresentam 'Nosso Samba Bossa Nova' neste domingo, 21 de novembro, às 20 horas, no Centro de Convenções Victor Brecheret. O show de lançamento do CD terá entrada franca.


    Até a próxima!

    sexta-feira, 12 de novembro de 2010

    Brincadeiras



    Gostei de brincar com o Photo Effects! Muito legal e divertido!
    Até a próxima...

    quarta-feira, 10 de novembro de 2010

    Fórum das Letras de Ouro Preto

    Começou hoje!

    Tema este ano é a literatura criada nos países africanos de língua portuguesa. Encontro homenageia Affonso Ávila e Ferreira Gullar

    Por Carlos Herculano Lopes - EM Cultura
    Texto original:
    http://www.divirta-se.uai.com.br/html/sessao_7/2010/11/06/ficha_agitos/id_sessao=7&id_noticia=30699/ficha_agitos.shtml
    aumentar fonte diminuir fonte imprimir
    André Burian/Divulgação
    Obra do artista ouro-pretano Jorge dos Anjos, que lança livro e abre mostra durante o Fórum das Letras

    Evento que vem se firmando como um dos mais prestigiados do universo literário brasileiro, começa dia 10 e vai até dia 15, em Ouro Preto, a sexta edição do Fórum das Letras, que este ano terá como tema principal a literatura feita nos países africanos de língua portuguesa. Já confirmaram presença os moçambicanos Mia Couto e Paulina Chiziane; os angolanos Pepetela, Onkjaki, Carmo Neto, Fragata de Morias, João de Melo, Adriano Botelho e João Maimona, e ainda Odete Semedo, de Guiné-Bissau, Inocência de Mata, de São Tomé e Príncipe, entre outros. Virão também autores portugueses contemporâneos como Luandino Vieira e Margarida Paredes. Na segunda-feira, como prévia para o que será discutido no fórum, Ouro Preto recebe o 4º Encontro de Professores de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, que tem como tema “África: dinâmicas culturais e literárias”.

    Entre os brasileiros que estarão presentes ao encontro, o público poderá ouvir e conversar com Alberto Mussa, Laurentino Gomes, Affonso Romano de Sant’Anna, Júnia Furtado, Marina Colasanti, Fabrício Marques, Décio Pignatari, Jaime Prado Gouvêa, Luiz Antônio Simas, Clóvis Bulcão, Paulo Markun, Ricardo Aleixo, Flávio Carneiro, Nelson Cruz, Bartolomeu Campos Queirós e Nei Lopes. O mineiro Affonso Ávila, considerado um dos grandes poetas brasileiros contemporâneos, receberá homenagem especial pelo lançamento recente de seu livro Poeta poente. Vencedor do Prêmio Camões, um dos mais importantes da língua portuguesa, Ferreira Gullar também receberá homenagem especial durante o Fórum das Letras de Ouro Preto.

    Confira a programação do Fórum das Letras de Ouro Preto

    À frente do encontro desde sua primeira edição está a escritora e professora da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) Guiomar de Grammont, que vem imprimindo sua marca no fórum. Para ela, um dos diferenciais do evento é que ele é totalmente gratuito e já está consolidado. “Mas alcançar este reconhecimento em todo o país – e inclusive no exterior – não foi tarefa fácil, exigiu esforços consideráveis”, diz a professora, autora entre outras obras de Aleijadinho e o aeroplano – O paraíso barroco e a construção do herói nacional.

    Sobre o fato de a literatura dos países africanos de língua portuguesa ter sido escolhida como tema, ela diz que, apesar de o português ser a quarta língua mais falada, os brasileiros conhecem muito pouco a literatura feita em outros países em que se falam nosso idioma. A situação é de mão dupla, já que a literatura brasileira também é pouco divulgada nas nações africanas lusófonas. “Fui dar aulas em Angola, em julho, para preparar melhor o Fórum das Letras, e pude observar que os africanos têm uma enorme sede de conhecimento em relação ao Brasil. Percebi que existe um enorme potencial de mercado para os livros e produtos culturais produzidos aqui, mas que é pouco aproveitado por falta de políticas mais eficazes. Contribuir para maior integração entre os nossos povos é um dos nossos objetivos do fórum. Além do mais, são imensos os laços históricos e culturais que nos ligam à África”, lembra Guiomar de Grammont.

    Em paralelo à programação oficial, com palestras e debates no Cine Vila Rica, o Fórum das Letras será enriquecido com atividades paralelas, como o Fórum das Letrinhas, Literatura em Cena, Via-Sacra Poética e Ciclo Bravo!, além de exposições e manifestações musicais e folclóricas, que vão lembrar os 300 anos da fundação de Vila Rica, que também estão sendo comemorados. Guiomar destaca a exposição do artista ouro-pretano Jorge dos Anjos, com forte influência da matriz cultural africana, e o espetáculo Contos negreiros, baseado no livro do pernambucano Marcelino Freire, além do lançamento da biografia de Toninho Horta. Apresentações baseadas em pesquisas sobre a influência africana na cultura brasileira, criadas pelos alunos e professores dos cursos de música e artes cênicas da Ufop, também movimentarão Ouro Preto.

    Fórum das Letras de Ouro Preto
    De 10 a 15 de novembro, no Cine Vila Rica, Praça Reinaldo Alves de Brito, 47, Centro, Ouro Preto. Informações: (31) 2535-5257e www.forumdasletras.ufop.br.

    Nesta sexta no Difusão Cineclube: Exibição de Documentários Musicais

    Por: Assessoria de imprensa Difusão Cultural

    Texto original: http://www.atibaia.com.br/noticias/noticia.asp?numero=20193

    Confira a programação do Difusão Cineclube:

    Nesta sexta 12/11 ás 19 horas

    O mundo é uma cabeça

    O mundo é uma cabeça é um registro do movimento musical pernambucano manguebeat. Imagens inéditas de Chico Science, que conduz o documentário a bordo do seu "galaxe" num passeio noturno pelo velho bairro do Recife.

    Ficha de Informações do Filme
    Título: O Mundo é uma Cabeça
    Duração: 17 min e 0 seg.
    Ano: 2004
    Cidade: UF(s): PE País: Brasil
    Gênero: Documentário
    Subgênero: Suspense
    Cor: Colorido

    Pânico em SP

    Os punks de São Paulo, vistos em seus redutos e nas ruas da cidade. Depoimentos em off sobre seu modo de vida, sua visão da sociedade, seus conflitos com a polícia. Imagens de um show punk, com jovens dançando. Canções dos grupos Olho Seco, Incocentes e Cólera.

    Ficha de Informações do Filme
    Título:
    Pânico em SP
    Duração: 10 min e 0 seg.
    Ano: 1982
    Cidade: São Paulo UF(s): SP País: Brasil
    Gênero: Documentário
    Subgênero: Suspense
    Cor: Colorido

    Rua da Escadinha 162

    Documentário sobre o acervo do pesquisador e colecionador Christiano Câmara: suas idéias e sua luta para preservar seu acervo.

    Ficha de Informações do Filme
    Título:
    Rua da Escadinha 162
    Duração: 18 min e 0 seg.
    Ano: 2002
    Cidade: UF(s): CE País: Brasil
    Gênero: Documentário
    Subgênero: Suspense
    Cor: Colorido

    Viva Volta

    Documentário sobre o trombonista brasileiro Raul de Souza que, desde 1971, vive em Paris e sofre com a falta de reconhecimento em seu País de origem. Com o som do seu trombone ao fundo, o filme leva o personagem de volta a Bangu, na cidade do Rio de Janeiro, e reconstrói sua trajetória. Revisita Saravah (filme de 1969) e, em 2005, promove o reencontro dele com Maria Bethânia. Juntos, celebram a devoção à música.

    Ficha de Informações do Filme
    Título:
    Viva Volta
    Título (inglês): Turning
    Duração: 15 min e 0 seg.
    Ano: 2005
    Cidade: Curitiba UF(s): PR País: Brasil
    Gênero: Documentário
    Subgênero:
    Cor:
    Colorido

    A classificação é 12 anos

    A Entrada é gratuita!

    O Difusão Cineclube fica localizado na Rua Doutor Osvaldo Urioste 41 - Centro de Atibaia